Você está visualizando atualmente Em evento sobre escolas conectadas, Wilson Lima destaca avanços e necessidade de tecnologias na educação

Em evento sobre escolas conectadas, Wilson Lima destaca avanços e necessidade de tecnologias na educação

Iniciativa do Governo Federal pretende levar, até 2026, conectividade a 138,3 mil instituições de educação do país

O governador do Amazonas, Wilson Lima, esteve no lançamento da Estratégia Nacional de Escolas Conectadas, realizado pelo Governo Federal, nesta terça-feira (26/09), em Brasília. Na ocasião, uma aluna da rede pública do Amazonas também foi destaque ao representar estudantes de todo país em discurso sobre a importância da tecnologia e internet na educação escolar.

Wilson Lima destacou avanços de sua gestão na área de educação e afirmou que o Amazonas, principalmente o interior do estado, precisa de mais investimentos em equipamentos e acesso à internet.

A Estratégia Nacional de Escolas Conectadas vai coordenar políticas para universalizar a conectividade nas escolas públicas da educação básica. O Governo Federal prevê beneficiar 138,3 mil instituições de educação com conectividade para uso administrativo e pedagógico, até 2026.

Participaram da solenidade, o presidente da República, Luiz Ignácio Lula da Silva; os ministros da Educação, Camilo Santana, e das Comunicações, Juscelino Filho; a secretária estadual de Educação, Kuka Chaves; além de outros governadores e parlamentares.

No evento, a convite do MEC, a aluna da rede estadual do Amazonas, Manuela Herculano de Souza Silva, de 17 anos, discursou para os presentes. Ela esteve no evento acompanhada da professora Tatiane Lúcia Abreu de Figueiredo, que é orientadora de Manuela em um projeto de robótica sustentável.

A estudante da 3ª série do Ensino Médio, da Escola Estadual de Tempo Integral (EETI) Senador Petrônio Portella, destacou a importância da conectividade e tecnologia nas escolas da rede pública, citando um dos 51 laboratórios Maker entregues na gestão Wilson Lima.

Cenário no Amazonas
Atualmente, segundo a Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar, são mais de 400 mil alunos matriculados em 616 unidades de ensino, sendo 374 no interior e 242 na capital. Desse total, cerca de 40 unidades que ainda não possuem conectividade já estão com processo de contratação em andamento.

O Governo do Estado mantém, ainda, o programa de ensino mediado por tecnologia, por meio do Centro de Mídias de Educação do Amazonas (Cemeam), que transmite aulas, via satélite, a quase 30 mil alunos, distribuídos em mais de 2,3 mil salas, com possibilidade de expansão.

Entre as principais necessidades das escolas da rede pública estão a qualidade da conectividade no interior, novas aquisições de equipamentos de segurança da informação, melhoraria da infraestrutura de rede das escolas e ampliação da conexão via fibra ótica e do serviço de rede Wi-Fi nas unidades.

FOTOS: Diego Peres / Secom