Você está visualizando atualmente Governador em exercício Tadeu de Souza vistoria reforma do Caic do Alvorada, que terá agendamento online e atendimentos ampliados

Governador em exercício Tadeu de Souza vistoria reforma do Caic do Alvorada, que terá agendamento online e atendimentos ampliados

Primeira intervenção em duas décadas, obra de revitalização já apresenta 76% de avanço

O governador do Amazonas em exercício, Tadeu de Souza, realizou, nesta terça-feira (18/07), visita técnica às obras de revitalização do Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (Caic) Dr. José Carlos Mestrinho, que já estão 76% concluídas. A unidade fica localizada no bairro Alvorada 2, zona centro-oeste de Manaus.

Após duas décadas sem intervenções, os serviços de modernização do Caic irão possibilitar a melhoria da infraestrutura, a ampliação de atendimentos e a implantação de um sistema online de agendamentos. Segundo Tadeu, por determinação do governador Wilson Lima, além da unidade do bairro Alvorada, outros cinco centros voltados ao público infanto-juvenil, de 0 a 14 anos, estão sendo reformados pelo Governo do Amazonas atualmente.

Tadeu de Souza inspecionou todas as diferentes frentes de trabalho em execução na área de 693,95 metros quadrados do centro. Acompanhado dos secretários estaduais de Saúde, Anoar Samad, de Infraestrutura, Carlos Henrique Lima, e de Governo, e Sérgio Litaiff, o governador em exercício constatou o estágio avançado da obra.

“A parte de revitalização está praticamente pronta, faltando apenas a parte de mobiliário. Nos próximos meses, este Caic será entregue para a população pelo governador Wilson Lima. Aqui eram realizados, até então, entre cem a 150 atendimentos diários, que devem ser ampliados com a reforma”, afirmou.

A obra recebeu investimentos estaduais de R$ 856,8 mil, com recursos oriundos do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS). “Isso é um compromisso do governador Wilson Lima, desde o seu primeiro mandato, de fazer entregas, melhorando e ampliando o atendimento à população que mais precisa”, disse Tadeu de Souza.

Inovações

As obras de reforma do Caic Dr. José Carlos Mestrinho englobam trabalhos internos e externos, entre os quais: pintura geral; troca de pisos; revisão das instalações elétricas e hidráulicas; revitalização das salas dos consultórios médicos, recepção e área de espera; e recuperação de muros e calçadas.

Uma das principais melhorias planejadas é a implantação do sistema de prontuário eletrônico. A inovação vai dar celeridade aos atendimentos da unidade de saúde, que também passará a oferecer agendamentos por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp, evitando a formação de filas de espera no entorno do centro.

“O governador Wilson Lima já instituiu o programa de prontuário único, que já foi licitado e está sendo implementado. Todos os pacientes atendidos no Amazonas terão um cadastro único. É uma tendência mundial disponibilizar atendimentos via WhatsApp e teremos aqui uma equipe para os agendamentos”, explicou o secretário Anoar Samad.

De acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), também será instalado no Caic um monitor de chamadas audiovisuais, permitindo que os pacientes e seus acompanhantes possam acompanhar a chamada das senhas sem correr o risco de perder a vez na hora de ser atendido pelos profissionais de saúde.

Também estiveram presentes à vistoria os deputados estaduais Abdala Fraxe e Sinésio Campos.

Mais obras

Em paralelo às intervenções na unidade localizada no bairro Alvorada, o Governo do Estado está reformando os Caics Dr. Alexandre Montoril (bairro Petrópolis); Dr. José Contente (Jorge Teixeira); Dr. Moura Tapajós (Galiléia 2); Dr. Edson Mello (Zumbi 2); e Dr. Gilson Moreira (Cidade Nova).

De 2021 a 2022, outros cinco Caics foram entregues totalmente reformados pelo governador Wilson Lima. Passaram por melhorias os Caics Dra. Maria Helena (Novo Israel); Dra. Josephina de Mello (Colônia Oliveira Machado); Afrânio Soares (Parque Dez de Novembro); Ana Braga (São José); e Alberto Carreira (Compensa).

Fotos: Alex Pazuello e Ricardo Machado